quinta-feira 27 de fevereiro de 2020
Foto: Reprodução/Facebook
Home / NOTÍCIAS / Prefeitura de Salvador viabiliza implantação de Sala de Situação em Saúde
quarta-feira 15 de janeiro de 2020 às 08:15h

Prefeitura de Salvador viabiliza implantação de Sala de Situação em Saúde

NOTÍCIAS, SAÚDE


De maneira pioneira entre os municípios das regiões Norte e Nordeste do país, a Prefeitura de Salvador dá um importante passo para implantação da Sala de Situação em Saúde. O equipamento que funcionará em caráter permanente, contribuirá para o diagnóstico ágil e aprofundado das necessidades e problemas prioritários da rede, auxiliando a gestão na definição rápida de estratégias.

“A capital baiana vai ganhar um importante ambiente para discussão e análise dos indicadores para que possamos usar no planejamento de ações. A ideia é ter várias informações juntas no mesmo local para facilitar o acesso das áreas técnicas que irão refletir em cima destes indicadores e definir quais ações serão adotadas para reduzir ou melhorar aquele indicador de saúde. Esse, sem dúvida, será um dos grandes legados dessa atual administração para a cidade”, destacou Leo Prates, titular da pasta.

Responsável técnico pela implantação do instrumento, André Luís de Almeida, enalteceu a iniciativa da Secretaria Municipal da Saúde. “A grande vantagem é que a gestão terá um ponto único de consultas às informações de apoio à atenção básica, rede ambulatorial, hospitalar e de emergência, além da regulação e vigilâncias epidemiológica e sanitária. A apropriação desse instrumento e seu uso sistemático no cotidiano vai conduzir a rede de saúde soteropolitana a um patamar ainda mais alto de qualidade dos serviços prestados”, destacou.

A Sala de Situação da Saúde será implantada na sede do Nível Central da SMS, no Comércio. A expectativa é que a plataforma esteja disponível de maneira plena em 2021.

Veja também

Vídeo: Policiais fardados são flagrados alcoolizados durante plantão no Carnaval; assista

Segundo a Polícia Militar os agentes foram identificados e presos disciplinarmente e conduzidos para a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!