terça-feira 1 de dezembro de 2020
Foto: Valdemiro Lopes
Home / NOTÍCIAS / Prefeitura lança licitação para concessão do Polo de Economia Criativa
terça-feira 27 de outubro de 2020 às 16:48h

Prefeitura lança licitação para concessão do Polo de Economia Criativa

NOTÍCIAS


A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), lançou nesta terça-feira (27) a licitação para uso e exploração do Polo de Economia Criativa de Salvador, chamado de Doca1, a ser instalado no Comércio.

O processo, publicado no Diário Oficial do Município (DOM), abre concorrência para empresas – de forma individual ou em consórcio -, especializadas em gestão de exploração de bem público, que tenham interesse no planejamento, implantação, operação, manutenção e promoção do equipamento, de acordo com as condições que são previstas em edital.

Segundo o secretário da Sedur, Sérgio Guanabara, o equipamento vai fortalecer ainda mais o setor. “A economia criativa se consolida como um grande vetor de crescimento e desenvolvimento socioeconômico em diversas cidades e países. Nosso objetivo é que o polo seja referência para alavancar a indústria criativa e gerar renda e mão de obra qualificada, sobretudo, em Salvador, que tem a criatividade em sua essência e precisa de um espaço para fomentar esse segmento”, afirma.

A concessão terá um prazo de 22 anos e será declarada vencedora da licitação a empresa que ofertar a maior outorga fixa, sendo um mínimo de R$ 150 mil. Esta deverá ser paga em uma parcela única na assinatura do contrato.

Os interessados podem ter conhecimento do edital e seus anexos no endereço www. compras. salvador. ba. gov. br e www. sedur. salvador. ba. gov. br. Mais informações pelo telefone 71-3202-9326 ou 3202-9323. A sessão para o recebimento e a abertura das propostas será realizada no dia 30 de novembro, às 10h, na sala de reunião da Sedur, localizada na Avenida Antônio Carlos Magalhães, 3.244 – Edf. Empresarial Thomé de Souza, 19º andar.

Equipamento – O Doca 1, que está sendo construído no Terminal Marítimo, no bairro do Comércio, funcionará como uma plataforma de negócios para fomentar o desenvolvimento das empresas e a produção e distribuição de bens e serviços que usam o capital intelectual, a criatividade e cultura como insumos primários. Além disso, irá promover o crescimento de pequenos empreendedores criativos e gerar uma aproximação entre os diferentes agentes do setor.

O polo terá capacidade de receber nos seus 2.468 m² de área locável pelo menos 40 empresas criativas da capital baiana de setores como cultura, música, entretenimento, design, mídia e conteúdos digitais. No local, vão poder conviver em uma rede de espaços compartilhados com cursos, oficinas, consultorias e eventos. O equipamento, que vai contar com diversos curadores de áreas distintas, terá espaço gastronômico, estúdios, ateliês, restaurante escola, uma praça de eventos e loja conceito.

Veja também

Resultado das urnas indica que Centrão vai ditar campanha de 2022

MDB, PSDB, Progressistas, DEM e PSD – os maiores vencedores de prefeituras nesta eleição – …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!