sábado 7 de dezembro de 2019
Foto: Juliana Andrade/Agência AL-BA
Home / DESTAQUE / Presidente da AL-BA comenta sobre o plano de fusão dos municípios
sábado 23 de novembro de 2019 às 06:52h

Presidente da AL-BA comenta sobre o plano de fusão dos municípios

DESTAQUE, POLÍTICA


Nelson Leal diz que o projeto esbarra no “direito adquirido” pelas populações dos pequenos municípios de ter sua própria autonomia político-administrativa

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Nelson Leal (PP), criticou a proposta do governo federal de fusão dos municípios que não se sustentam com receitas próprias.

Segundo o Bahia Notícias, a estimativa é de que a medida pode levar a extinção de 1.220 cidades no país, segundo levantamento feito pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM). Na Bahia, nove municípios poderão ser extintos.

Durante encontro de Legislativos do Brasil, nesta sexta-feira (22), Leal diz que a proposta de Paulo Guedes de extinguir municípios pode não passar. O presidente da AL-BA concorda com o ministro Augusto Nardes, do Tribunal de Contas da União (TCU). “Não é justificável que haja um município com menos de mil habitantes, mas vejo com muita preocupação a iniciativa do governo federal em extingui-los. Eles se conformarão em voltar a ser distritos e povoados? E a redistribuição de verbas? Será repassado ao município incorporador o FPM que antes era a receita dos pequenos?”, questionou Leal.

“Concordo com o ministro Augusto Nardes, do Tribunal de Contas da União, quando ele diz que não é esta a melhor solução. É uma proposta que terá muitas dificuldades de ser aprovada pelo Congresso Nacional”, acrescentou o deputado estadual.

Na publicação, Leal afirma que a intenção é boa, buscando a otimização da máquina pública, mas o projeto esbarra no “direito adquirido” pelas populações dos pequenos municípios de ter sua própria autonomia político-administrativa.

Veja também

Vereador propõe ‘Semana Municipal do Ciclismo’

O vereador Orlando Palhinha (DEM) apresentou à Mesa Diretora da Câmara o Projeto de Indicação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!