terça-feira 20 de abril de 2021
Foto: Amurc
Home / NOTÍCIAS / Presidente da Amurc apoia Câmara Técnica do CDS-LS para a execução do plano de sólidos na região
sábado 27 de março de 2021 às 17:49h

Presidente da Amurc apoia Câmara Técnica do CDS-LS para a execução do plano de sólidos na região

NOTÍCIAS, SUL DA BAHIA


A regularização do saneamento e dos resíduos sólidos no Território Litoral Sul ganhou um aliado importante essa semana, durante uma reunião online do Consórcio de Desenvolvimento Litoral Sul, a criação de uma Câmara Técnica para a solução dessas demandas. O presidente da Amurc e prefeito de Itajuípe, Marcone Amaral apoiou a iniciativa, juntamente com os presidentes de Consórcios, prefeitos da região e o secretário Estadual de Desenvolvimento Urbano – Sedur, Nelson Pelegrino.

O encontro foi realizado com o objetivo de dar continuidade às estratégias para as soluções de forma cooperada do transbordo e destinação final dos resíduos sólidos na região. Desta forma, ficou acordado que cada município dos territórios irá disponibilizar dois técnicos municipais, titular e suplente, para acompanhar as atividades específicas.

Marcone destacou que os prefeitos e prefeitas da região estão empenhados na regularização dos resíduos sólidos e acredita que somente através do consórcio público será possível alcançar o objetivo. “É mais uma etapa importante para a construção de um plano intermunicipal de resíduos sólidos que vai beneficiar da nossa região”.

A instalação foi feita de forma online, com a presença do presidente do CDS-LS e prefeito de Itacaré, Antonio de Anízio, do presidente do Consórcio Intermunicipal da Mata Atlântica (CIMA) e prefeito de Jussari, Antônio Valete, os prefeitos dos municípios consorciados, o secretário executivo do CDS-LS, Luciano Veiga, técnicos estaduais e municipais.

O secretário Nelson Pelegrino ressaltou que a ideia é “viabilizar a melhor forma de realizar a cooperação com baixo custo, a logística mais acessível e assim, garantir o melhor serviço para o interesse público”. Ele ainda completou dizendo que “o CDS-LS foi escolhido como prioritário para aplicar o projeto piloto da ação e agora é necessário estabelecer a agenda de trabalho”.

O próximo passo, segundo o presidente do CDS-LS, Antonio de Anízio, é a elaboração do Plano Intermunicipal dos Resíduos Sólidos. Mas, “para a estruturação do plano de trabalho e execução das ações destacadas, além da criação da câmara técnica é necessário adesão de Itabuna, Ilhéus e Aurelino Leal ao consórcio, avaliar as parcerias públicas e privadas, além de analisar detalhadamente o diagnóstico elaborado pela Sedur”, explicou o presidente do CDS-LS.

Veja também

Mais de 335 quilômetros de rodovias passarão por recuperação no oeste da Bahia

Mais de 335 quilômetros de rodovias serão recuperados pelo Governo do Estado no oeste da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!