domingo 7 de março de 2021
Joseph Scott Pemberton, da Marinha dos Estados Unidos, recebeu perdão do presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, pelo assassinato de uma mulher trangênero em 2014 / Foto: Reprodução
Home / Mundo / MUNDO / Presidente das Filipinas indulta marine americano que matou mulher trans
terça-feira 8 de setembro de 2020 às 06:44h

Presidente das Filipinas indulta marine americano que matou mulher trans

MUNDO, NOTÍCIAS


O presidente filipino Rodrigo Duterte indultou um fuzileiro naval dos Estados Unidos condenado pelo assassinato de uma mulher trans, informaram nesta última segunda-feira (7) autoridades locais, o que levou à condenação de grupos de direitos humanos.

O cabo Joseph Scott Pemberton está preso desde o assassinato, em outubro de 2014, de Jennifer Laude, que ele conheceu em um bar enquanto descansava de exercícios militares na cidade de Olongapo, no norte do país.

Um tribunal local decidiu na semana passada que Pemberton poderia ser solto antecipadamente devido ao seu bom comportamento, mas ainda aguardava na prisão um recurso.

Agora, o perdão de Duterte elimina todos os obstáculos legais para sua libertação, apesar de ter cumprido apenas metade de sua sentença de dez anos.

O porta-voz da Duterte, Harry Roque, confirmou a decisão do presidente.

“O presidente apagou a punição restante contra Pemberton (…) Agora ele pode voltar para casa pelo indulto”, afirmou Roque a repórteres.

A advogada da família Laude, Virginia Suárez, condenou a decisão, qualificando-a de “zombaria” do sistema judicial do país.

“Esta é outra injustiça, não apenas para Jennifer Laude e sua família, mas uma grave injustiça para o povo filipino”, disse Suárez em um comunicado.

Veja também

Bolsonaro joga bola nas costas de Guedes, diz coluna

Segundo a coluna de Lauro Jardim no jornal O Globo, a tentativa (afinal frustrada) de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!