sábado 31 de julho de 2021
Home / NOTÍCIAS / Projeto da Prefeitura exibe curta-metragem com reflexões sobre o impacto da pandemia
sexta-feira 18 de junho de 2021 às 11:30h

Projeto da Prefeitura exibe curta-metragem com reflexões sobre o impacto da pandemia

NOTÍCIAS


Com o propósito de levar para o público uma reflexão sobre o impacto da pandemia na população mais carente, será lançado o curta-metragem “Portas” neste sábado (19), Dia do Cinema Brasileiro, às 10h. O filme será exibido no canal do Grupo Cultural Art’Mandaia no YouTube. Sob a direção de Lúcio Lima, o projeto foi um dos contemplados pelo Prêmio Anselmo Serrat de Linguagens Artísticas, da Fundação Gregório de Mattos (FGM), por meio da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc.

Na trama, serão abordados temas importantes, em especial para a comunidade negra. A obra foi realizada a partir de conteúdo simbólico e imagético, utilizando poucos diálogos e com fotografias de Chico Soares.

De acordo com o diretor e idealizador do projeto, Lúcio Lima, a expectativa é que o filme seja mais uma opção de entretenimento para o público e possa dar voz às comunidades negras para que estas falem de suas dores e seus anseios desde antes da pandemia. “É uma oportunidade de refletir sobre os temas abordados, ajudando a transformar olhares e em consonância. Além disso, visa abrir novas portas para transformações que nossa sociedade precisa”, destaca.

Sinopse

O curta-metragem narra a história de Joelma, uma mulher negra, empregada doméstica, que levanta para cumprir mais um dia de trabalho na casa da patroa que acabou de chegar de uma viagem à Itália. Entre muitos cômodos, portas são abertas e situações vêm à tona, para além da rotina de afazeres. Diante dos olhos perplexos da protagonista, espectros revolvem histórias de dores, violências e negligências que clamam por mudanças e exigem atitude.

Cinema

No dia 19 de junho é comemorado o Dia do Cinema Brasileiro, data no qual foram registradas as primeiras imagens em movimento em território brasileiro, em 1898, pelo ítalo-brasileiro Afonso Segreto, o primeiro diretor e cinegrafista do país. Em função da valorização do cinema nacional, o lançamento acontece nesta data, além de possuir 19 minutos de filme, como forma simbólica.

Veja também

Hospital Municipal de Salvador retoma cirurgias eletivas

O Hospital Municipal de Salvador (HMS) retomou as cirurgias eletivas na unidade após 120 dias …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!