sexta-feira 7 de maio de 2021
Foto: Divulgação
Home / NOTÍCIAS / Reunião define estratégias para vacinação dos profissionais de educação na Bahia
sexta-feira 23 de abril de 2021 às 10:41h

Reunião define estratégias para vacinação dos profissionais de educação na Bahia

NOTÍCIAS


Diretor tesoureiro da UPB e prefeito de Santana, Marco Aurélio dos Santos (Marcão), representou a entidade

Alinhamento para vacinação dos profissionais de educação na Bahia foi o tema da reunião que aconteceu na tarde desta última quinta-feira (22). O diretor tesoureiro da União dos Municípios da Bahia (UPB) e prefeito de Santana, Marco Aurélio dos Santos (Marcão), representou a entidade no encontro virtual. “Temos que garantir a vacinação para todos os profissionais e trabalhar para que o cronograma seja cumprido de forma que ninguém fique sem a imunização por falta de vacina”, disse Marcão.

“Todos nós sabemos que o COE [Centro de Operações de Emergência em Saúde] apontou a inclusão do conjunto de profissionais que move a educação baiana como grupo estratégico de vacinação. Nós estamos atuando para garantir esse direito. As escolas estão há um ano e dois meses fechadas e não dá para a gente ficar suportando isso, mas também não dá para expor profissionais de uma hora para outra”, disse o secretário de Educação, Jerônimo Rodrigues.

A coordenação de Informações Municipais da UPB, em parceria com a União dos Dirigentes Municipais de Educação da Bahia (Undime), realizou levantamento sobre o número de profissionais da educação, por faixa etária e grupos de risco, dos 417 municípios baianos para inclusão no plano de vacinação do Estado da Bahia.

De acordo com o levantamento, ao todo, 250.727 profissionais pertencem rede pública municipal da educação, sendo 151.681 do magistério e 99.046 da educação de suporte. Do total, 43.724 fazem parte do grupo de risco. A faixa etária que concentra o maior número de profissionais é de 40 a 49 anos, com 82.236.

A partir das definições da reunião, será realizada uma estratégia de comunicação em conjunto pelas instituições presentes na reunião. As entidades vão fazer uma comunicação institucional com materiais informativos, orientadores, expondo protocolos e exigências da agenda parceira de vacinação. “A UPB tem interesse em fazer a informação chegar nos prefeitos o mais rapidamente possível”, garantiu o diretor Marcão.

Além da Secretaria de Educação, UPB e Undime também estiveram presentes representantes da Secretaria de Saúde, da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (Uncme BA) e do Conselho Estadual de Secretários Municipais de Saúde do Estado da Bahia, (Cosems).

Veja também

Tribunal absolve governador de Santa Catarina, que reassumirá o cargo

Por minoria dos votos, o Tribunal Especial de Julgamento, instalado pela Assembleia Legislativa de Santa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!