sexta-feira 13 de dezembro de 2019
Foto: João Brandão / Bahia Notícias
Home / DESTAQUE / Rui Costa apresenta consórcio de governadores do nordeste a Lula
quinta-feira 14 de novembro de 2019 às 12:19h

Rui Costa apresenta consórcio de governadores do nordeste a Lula

DESTAQUE, POLÍTICA


O governador da Bahia, Rui Costa (PT), apresentou, nesta quinta-feira (14), o Consórcio do Nordeste ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), no Wish Hotel Bahia, no Campo Grande, em Salvador. Segundo ele, a exposição foi um pedido do próprio ex-chefe do Palácio do Planalto.

De acordo com Rui, o consórcio é uma forma de “compartilhar estratégias de avanço na educação, saúde, infraestrutura leve e de baixo custo operacional”. “Fizemos a primeira licitação de remédios. A primeira compra do Nordeste. Dentre os menores preços, conseguimos redução de 30% na compra coletiva. Agora é a compra equipamentos, ferramentas da área de gestão e finanças”, disse.

Rui declarou ainda que, do ponto de vista da saúde pública, “o investimento no Nordeste hoje representa o maior volume na saúde pública brasileira”. “Nordeste está andando com suas próprias pernas”, pontuou.

Suposto mal-estar com ex-presidente Lula

O governador minimizou o duro discurso que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fez após deixar a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. O baiano também negou conforme publicou o Bahia Notícias, qualquer mal-estar com o ex-chefe do Palácio do Planalto.

“Eu acho que foi um discurso dentro do contexto da saída de quem passou mais de 580 dias preso injustamente. Com o passar dos dias, o presidente, como sempre fez, por natureza, […] vai conciliar. Acho que ele vai procurar conciliar o Brasil consigo mesmo”, declarou Rui, antes de uma reunião da Executiva nacional do PT, com a presença do ex-presidente.

Após deixar a prisão, Lula criticou o governo Bolsonaro (PSL) e chegou a chamar o ministro da Justiça, Sérgio Moro, de “canalha”. Ainda entrevista à imprensa, Rui negou que tenha mal-estar com Lula após as declarações polêmicas à revista Veja.

“Eu nunca tive arestas com o presidente Lula”, pontuou. “É normal [embates dentro do PT]. É normal para o mundo petista. O PT sempre se caracterizou por debates duros, às vezes.  […] O PT nunca terá a paz de cemitérios”, acrescentou.

Eleição 2020

O governador afirmou que a eleição de 2020 deve começar a ser discutida “a partir de janeiro”. O Bahia Notícias mostrou que Rui pretende deixar os aliados em “banho-maria” sobre o tema. “Ano que vem, a partir de janeiro, [a gente discute] as eleições municipais. Tem muita água para passar debaixo da ponte”, pontuou.

Veja também

Bolsonaro vai passar Ano Novo com a família na Bahia

A informação foi divulgada pelo Jornal o Globo e confirmada pelo Palácio do Planalto O …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!