quinta-feira 4 de março de 2021
Foto: Reprodução/Whatsapp
Home / NOTÍCIAS / Secretários municipais discutem durante evento e ‘saem no braço’ sendo apartados por guardas
sábado 8 de fevereiro de 2020 às 10:20h

Secretários municipais discutem durante evento e ‘saem no braço’ sendo apartados por guardas

NOTÍCIAS


Dois secretários municipais do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), discutiram no fim de uma agenda pública nesta última sexta-feira (7) e guardas municipais tiveram de intervir para apartar a confusão. Gutemberg Fonseca, da pasta de Ordem Pública (Seop), e Daniel Pereira, que comanda a Comunicação da prefeitura, se desentenderam depois de uma reunião com Crivella na sede da RioTur, na Cidades das Artes, na Barra da Tijuca, Zona Oeste da capital.

Resultado de imagem para Secretários de prefeito do Rio discutem e são apartados por guardas
Foto: Reprodução Veja

Em entrevista publicada pela revista Veja, Gutemberg Fonseca contou que os dois estavam no quinto andar. O motivo para o bate-boca ocorreu, segundo o secretário de Ordem Pública, por causa da intromissão de Daniel Pereira em assuntos relacionados à administração da Seop. Crivella não presenciou o fato porque o titular da pasta da Comunicação resolveu tirar satisfação com o colega do primeiro escalão do governo municipal na saída do encontro.

“Não teve agressão física. Eu disse que ele (Daniel) estava falando sobre um assunto que não entendia. E aí ele alterou a voz. Foi uma vacilo meu e dele. Como fui um árbitro de futebol, eu não poderia ter caído nessa (provocação)”, afirmou Gutemberg.

Procurado pela revista, Daniel Pereira não quis comentar: “Não falo com fofoqueiro”, disse, referindo-se ao repórter.

Gutemberg Fonseca foi nomeado por Crivella em outubro do ano passado. O secretário é ligado ao senador Flavio Bolsonaro (sem partido). O prefeito tenta se aproximar do clã do presidente Jair Bolsonaro em troca de uma aliança na eleição municipal deste ano. Bolsonaro, no entanto, não deve apoiar oficialmente a candidatura à reeleição de Crivella no primeiro turno.

Em 12 de dezembro do ano passado, uma reportagem do portal de notícias UOL revelou que Daniel Pereira empregou a namorada em um cargo comissionado sob seu comando na Prefeitura do Rio. À época, ele negou qualquer irregularidade.

Veja também

Pacheco e Lira vão se encontrar com presidente do STJ

Depois de se encontrarem com o presidente do STF, ministro Luiz Fux, o presidente da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!