sábado 6 de junho de 2020
Foto: Assessoria
Home / POLÍTICA / Sílvio Humberto diz que mesmo na pandemia população deve combater o Aedes Aegypti nos bairros
quinta-feira 21 de maio de 2020 às 17:08h

Sílvio Humberto diz que mesmo na pandemia população deve combater o Aedes Aegypti nos bairros

POLÍTICA


Os casos de dengue, zika e chikungunya tem aumentado de forma exponencial em Salvador.  Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a capital teve um aumento de mais de 300% de casos em relação ao período entre janeiro e abril  do ano passado, com média diária de 52 registros.

No início deste ano, um bairro do Subúrbio Ferroviário foi assolado por uma doença misteriosa, que posteriormente foi investigada como um possível surto de dengue, zika ou chikungunya. De acordo com a SMS, os bairros Liberdade, Cajazeiras e Rio Vermelho tiveram um aumento de mais de 1000% em casos de chikungunya, neste ano. Segundo o último levantamento divulgado pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), de 29 de dezembro de 2019 até o dia 26 de março de 2020, 16.459 pessoas foram diagnosticadas com alguma das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti em todo o estado. Atento a esta demanda, o vereador Sílvio Humberto (PSB) solicitou através de ofício à Secretaria de Saúde, a visita de agentes de endemia e fumacê  nos bairros  de Paripe, Nordeste de Amaralina, Federação, Garibaldi, nas áreas da Rua Souza Uzel, Ladeira Mãe Creuza, Fonte do Capim e antiga casa de Show´s Ed 10. Segundo o edil, a solicitação decorreu por meio de denúncias enviadas por moradores das regiões através das redes sociais.

“Acredito que com o período de chuva em Salvador, os números aumentem e se somem, infelizmente, aos casos de Covid-19, que na grande maioria dos casos os sintomas causados pelas doenças acabam confundindo a população, portanto a prevenção e a luta contra o mosquito também não podem parar. O coronavírus segue fazendo vítimas, mas não podemos perder de vista a importância da prevenção contra o Aedes Aegypti causadores da dengue e chikungunya, pois em muitos casos eles são letais”, finalizou.

Veja também

Dois secretários são exonerados do governo Rui Costa

Dois secretários estaduais foram exonerados dos seus cargos. Segundo a Secom, ele pediram para deixar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!