quinta-feira 4 de março de 2021
Foto: Reprodução/Reuters
Home / Mundo / MUNDO / Vacinas devem deixar Índia para o Brasil na sexta
quarta-feira 20 de janeiro de 2021 às 17:02h

Vacinas devem deixar Índia para o Brasil na sexta

MUNDO, NOTÍCIAS


As vacinas de Oxford/AstraZeneca produzidas na Índia devem deixar o país e seguir rumo ao Brasil na próxima sexta-feira (22). O Itamaraty, no entanto, ainda aguarda confirmação nesta quarta-feira (20). As informações são da CNN Brasil.

De acordo com a TV, integrantes do governo brasileiro conseguiu a liberação de 2 milhões de doses após reuniões com autoridades indianas que ocorreram nos últimos dias.

Ainda segundo o jornal, há a possibilidade do governo da Índia se responsabilizar pela entrega dos imunizantes.

O governo federal chegou a preparar um avião cargueiro da Azul para buscar as vacinas e inserir adesivo na aeronave com slogan da campanha de vacinação. No entanto, após adiamentos, o voo foi cancelado. Desde então o Itamaraty trabalha pela liberação das doses compradas e distribuídas pela Fiocruz.

Na segunda-feira (18), pressionado pela demora na definição da vinda das doses da Índia, o ministro da Saúde Eduarado Pazuello culpou até o fuso horário como um dos obstáculos nas tratativas.

“Todos os dias nós temos tido reunião diplomática com a Índia. O fuso horário é muito complicado. Nós estamos recebendo a sinalização de que isso poderá ser resolvido nos próximos dias dessa semana”, disse Eduardo Pazuello durante coletiva no Palácio do Planalto.

A Índia já começou a imunizar sua população começando, assim como quase todo o planeta, com profissionais da saúde.

Na última terça (19), o governo da Índia divulgou um comunicado com a lista de países que receberiam as primeiras doses produzidas pelo Instituto Serum: Butão, Ilhas Maldivas, Bangladesh, Nepal, Myanmar e Ilhas Seychelles.

Veja também

Colbert apela para Estado aumentar leitos para Covid-19 em Feira de Santana

Governo Municipal vai ampliar em mais cinco leitos de UTI O prefeito de Feira de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!