domingo 24 de janeiro de 2021
Foto: Antonio Queirós
Home / NOTÍCIAS / Vereador critica possibilidade de comercialização da vacina em Salvador
terça-feira 5 de janeiro de 2021 às 18:49h

Vereador critica possibilidade de comercialização da vacina em Salvador

NOTÍCIAS, POLÍTICA


O vereador Augusto Vasconcelos (PCdoB) criticou na manhã de segunda-feira (4), a possibilidade da comercialização da vacina contra a Covid-19 antes da devida disponibilização gratuita do medicamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

“Permitir a venda de vacinas, antes da vacinação gratuita ofertada pelo SUS, vai exacerbar as desigualdades desse cruel sistema capitalista. Na prática, quem tiver dinheiro vai passar na frente, enquanto a imensa maioria de pobres ficará sem proteção. Saúde não é mercadoria!”, enfatiza o vereador.

Quantitativo

Para o vereador, é compreensível a ansiedade de alguns segmentos em relação à vacinação, tendo em vista a negligência do governo federal que não adquiriu ainda os estoques necessários para vacinar toda a população, mas que é importante assegurar que o SUS compre o quantitativo necessário para imunizar toda a população brasileira, respeitando os critérios de prioridades em razão da idade e de eventuais doenças crônicas. “Se abrirmos esse precedente, na prática, poucas famílias terão acesso à vacina, enquanto milhões de pessoas ficarão sem qualquer proteção”, afirma Augusto Vasconcelos.

Ouvidor-geral

Augusto Vasconcelos foi eleito ouvidor da Câmara Municipal de Salvador no sábado (2) um dia após tomar posse como vereador da capital baiana.

“Ser eleito para compor a Mesa Diretora da Câmara é uma honra, mas também uma imensa responsabilidade. Teremos uma Ouvidoria atuante, dialogando com as comunidades e sendo proativa na busca de soluções para nossa cidade”, afirmou Augusto Vasconcelos.

Veja também

Marcha dos prefeitos a Brasília em defesa dos municípios será em outubro

O maior evento municipalista da América Latina tem nova data para acontecer. Devido ao cenário …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!