domingo 12 de julho de 2020
Foto: Reprodução/G1
Home / POLÍTICA / Vereador pede que população cumpra medidas de prevenção
sábado 6 de junho de 2020 às 18:04h

Vereador pede que população cumpra medidas de prevenção

POLÍTICA


Para o vereador Odiosvaldo Vigas (PDT), somente com o ativo envolvimento da população com o isolamento social é que será possível reduzir a cadeia de transmissão do novo coronavírus. Conforme ressalta, diante de um regime democrático, a adesão depende exclusivamente do povo, que deve compreender a necessidade de segurança coletiva na saúde.

“Entendo ainda que para a flexibilização e retorno das atividades comerciais é necessário um planejamento. O setor privado e o comercial devem adotar horários diferenciados na entrada e saída dos turnos de trabalho, evitando-se a aglomeração de pessoas. Precisamos ouvir a Saúde e a Epidemiologia na busca das soluções preventivas e prognósticos futuros”, destaca o vereador, que também é médico.

Odiosvaldo reafirma que o número de leitos hospitalares, de respiradores artificiais e de profissionais de saúde é finito e a população, por sua vez, tem que fazer sua parte, ficar em casa, usar máscaras e seguir as orientações das autoridades sanitárias.

“Mas, o que assistimos é parte das comunidades periféricas e da população não aceitar as recomendações e isso ocasiona mais contágio pelo vírus e, consequentemente, a hospitalização e uso de UTIs, que podem faltar para muitos”, pontua.

Ronda Coronavírus

O vereador afirma que o Município vem fazendo bem o seu papel, com barreiras sanitárias setorizadas nos bairros com maior índice

de contaminação, testagens, retirada dos doentes das comunidades, “que recebem, inclusive, bolsa-auxílio e outros benefícios sociais”.

“Porém, é imprescindível a apresentação de outras propostas inovadoras para as comunidades”, diz o parlamentar, que é autor projetos de incentivo social, a exemplo do que indica que a taxa Cosip seja utilizada até dezembro para pagar a luz dos que residem em imóveis isentos do IPTU. Outra proposição sugere que o governo estadual isente do pagamento de água imóveis desobrigados do mesmo tributo.

O vereador também defende que o Governo Federal deve ser avalista junto ao município para que os comerciantes e microempreendedores dos bairros populares tenham fácil acesso ao crédito, pois a medida irá dinamizar a economia local, dará segurança social e econômica através de políticas públicas e privadas de geração de emprego e renda.

O vereador também propõe a criação da Ronda Coronavírus Municipal, com participação do Estado, dos bombeiros militares e civis, além de grupos de escoteiros de Salvador.

Veja também

Paulo Câmara propõe isenção do ICMS dos produtos da cesta básica

Para minimizar os efeitos da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) na Bahia, o deputado Paulo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!