quinta-feira 13 de agosto de 2020
Foto: Assessoria
Home / POLÍTICA / Vereadora Aladilce discute volta às aulas e Fundeb em live
quarta-feira 15 de julho de 2020 às 11:44h

Vereadora Aladilce discute volta às aulas e Fundeb em live

POLÍTICA


Nesta quarta-feira (15), às 19h, a vereadora Aladilce Souza (PCdoB), promove em suas redes sociais a live “Educação e Saúde: Uma discussão sobre volta às aulas na pandemia”. Terá como convidados professor Rui Oliveira, presidente do Sindicato dos Professores da Bahia (APLB), e Marcos Barreto, conselheiro do Fundo Municipal de Previdência de Salvador (Fumpres), conselheiro municipal de Educação e um dos diretores da APLB.

A atividade será transmitida na página: www.facebook.com/aladilce. Os comentários dos participantes serão lidos em tempo real. Além da pauta do retorno às aulas presenciais, outro tema de relevância é a votação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação (Fundeb), conjunto de fundos voltados para manutenção dessas áreas, e que teve a votação marcada pela Câmara Federal para a próxima semana, sem data definida.

“Vivemos em um governo neoliberal que trata a educação como mercadoria”, pontua Aladilce. A vereadora mostra indignação com os rumos da educação no país. “Esses desmontes recorrentes são fruto de um programa que despreza a ciência e os avanços que o país só consegue obter se houver investimento nessa área que é prioritária, basilar”, pontua a também ouvidora-geral da Câmara de Salvador, que já realizou outras audiências públicas para discutir a educação no município.

Os convidados da live também comentaram sobre a atividade. “Com a retomada gradual dos estabelecimentos, a volta às aulas já vem sendo cogitada. Diante disso, discutir a educação pós-pandemia é muito importante”, pontua professor Rui. Já Marcos Barreto abordou sobre a complexidade do assunto. “Trabalhar ou pensar no retorno às aulas durante a pandemia é navegar num mundo de incertezas. Nós não temos, neste momento, nem tratamento e nem cura para a Covid-19. Nosso entendimento é que a defesa da vida é a prioridade para todo e qualquer trabalho”, explica.

“Entretanto, precisamos procurar um protocolo para, quando voltarmos, convivermos com os desafios que a Covid-19 nos trouxe. A discussão de hoje consiste em tratar das possibilidades, desafios e as dificuldades desse enfrentamento”, defende Marcos.

Veja também

Cacá Leão confirma aproximação do Progressistas com governo Bolsonaro

Nesta quarta-feira (12) o deputado Cacá Leão (Progressistas) confirmou que o seu partido “está próximo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!