terça-feira 20 de abril de 2021
Foto: Divulgação
Home / NOTÍCIAS / Vereadora de Itabuna cobra ação coordenada após aprovação de atividade física como serviço essencial
quinta-feira 11 de março de 2021 às 16:19h

Vereadora de Itabuna cobra ação coordenada após aprovação de atividade física como serviço essencial

NOTÍCIAS, POLÍTICA, SUL DA BAHIA


Nesta última quarta-feira (10), foi aprovada na Câmara de Itabuna, lei que torna a prática de atividade e exercício físicos, com orientação profissional, em serviço essencial. O projeto abrange academias de musculação, ginástica, natação, artes marciais, dentre outras modalidades esportivas.

A vereadora Wilma (PCdoB) lamentou a falta da presença do público e cobrou uma ação coordenada dos poderes no combate à pandemia. “Eu gosto de gente, de tratar as demandas no coletivo, mas infelizmente, estamos numa situação difícil na pandemia, num momento crucial, por isso, acredito que a melhor maneira de tratar essas questões seja com seriedade.”

Ação Coordenada

Em sua fala, a vereadora defendeu a vacina e cobrou um posicionamento firme na fiscalização dos protocolos sanitários. “Precisamos ser firmes na fiscalização. Todos precisam ter responsabilidade, não é porque é essencial que vamos abarrotar de gente. O momento é delicado, sei que muita gente perdeu emprego, temos perdido diversas vidas, mas temos que ter sensibilidade e empatia. Só se combate o coronavírus com a ciência.”

Vacinação lenta

Ainda segundo a edil, a escassez de profissionais de saúde e a falta de uma política de vacinação viraram alguns dos maiores gargalos no enfrentamento da Covid-19. “Nós estamos com a vacinação de forma minguada e esta Casa precisa pautar um projeto de alternativa para a vacinação na cidade. Sou da área da saúde e em visita ao Base, encontrei servidores e servidoras, exaustos. Está difícil encontrar profissionais para trabalhar na linha de frente.” disse.

Veja também

Mais de 335 quilômetros de rodovias passarão por recuperação no oeste da Bahia

Mais de 335 quilômetros de rodovias serão recuperados pelo Governo do Estado no oeste da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!