quarta-feira 29 de janeiro de 2020
Foto: Reginaldo Ipê
Home / NOTÍCIAS / Vereadores se preparam para agradecer ao Senhor Bonfim
segunda-feira 13 de janeiro de 2020 às 16:32h

Vereadores se preparam para agradecer ao Senhor Bonfim

NOTÍCIAS


Os vereadores de Salvador, que anualmente renovam a fé cristã, já se preparam para agradecer ao Senhor do Bonfim pelas glórias alcançadas no ano que passou. A festa religiosa dos baianos e que atrai turistas do Brasil e do Exterior começou no século XVIII. Nesta quinta-feira (16), a partir das 8h, como vem ocorrendo nas últimas edições, haverá pedido de paz na cerimônia multirreligiosa no adro da Basílica de Nossa Senhora da Conceição da Praia, antes do cortejo à Colina Sagrada do Bonfim.

“Renovação da fé, pedido de proteção e agradecimento por tudo que foi alcançado são demonstrações que fortalecem, ano após ano, a tradicional festa dos baianos em louvor ao Nosso Senhor do Bonfim. Nesse dia de glória, a cidade se veste de branco para atrair e irradiar as energias positivas que consolidam a fé cristã”, afirma o presidente da Câmara, vereador Geraldo Júnior (SD).

Mantendo a tradição, os vereadores identificados com a festa vão participar da cerimônia multirreligiosa no adro da Basílica de Nossa Senhora da Conceição da Praia. Em seguida, acompanham o cortejo popular, numa caminhada de 8 km pelas ruas da Cidade Baixa até a Colina Sagrada do Bonfim, onde ocorrerá a lavagem das escadarias da igreja.

História

A Lavagem do Bonfim é o maior evento popular de Salvador antes do Carnaval. Conforme a Fundação Gregório de Mattos (FGM), organizadora da festa, a construção do santuário de peregrinação teve início no século XVIII com a vinda para a Bahia do capitão de mar e guerra Theodósio de Faria.

Segundo a Irmandade de Nosso Senhor do Bonfim, o capitão de mar e guerra tinha grande devoção ao Senhor do Bonfim. Através da imagem que se venera em Portugal, na cidade de Setúbal, ele trouxe de Lisboa uma imagem semelhante esculpida em pinho e com pouco mais de um metro de altura.

De acordo com a FGM, o capitão português trouxe a imagem como agradecimento por haver sobrevivido a uma tempestade em alto-mar, tendo prometido construir uma igreja no ponto mais alto que avistasse, de onde pudesse acompanhar a entrada da Baía de Todos os Santos.

Veja também

Governo Bolsonaro pode retomar obra de VLT da Copa de 2014, diz revista

Políticos do Mato Grosso vão tentar obter apoio do Ministério do Desenvolvimento Regional para tocar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!