sábado 26 de setembro de 2020
Home / NOTÍCIAS / #Verificamos: É falso que PT tenha ingressado com ação para suspender 13º do Bolsa Família
segunda-feira 15 de abril de 2019 às 08:05h

#Verificamos: É falso que PT tenha ingressado com ação para suspender 13º do Bolsa Família

NOTÍCIAS


Circula nas redes sociais que o PT teria ingressado com ação para suspender o pagamento do 13º do Bolsa Família. Também circula uma foto em que deputado petista segura cartaz contra o benefício. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

O conteúdo verificado pelo site Lupa viu que é falso. O PT não ingressou com nenhuma ação contra o pagamento do 13º Bolsa Família. A informação foi desmentida pelo próprio partido, em nota publicadaem seu site oficial. “O Partidos dos Trabalhadores não entrou com nenhuma ação para derrubar o decreto que cria o décimo terceiro do Bolsa Família, programa que virou lei há 15 anos, sob governo do ex-presidente Lula”, diz a nota.

O pagamento de uma 13ª parcela do benefício foi anunciado na quinta-feira (11) pelo ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, mas ainda não foi oficializado. Para que o pagamento seja efetuado, é necessário que ele esteja previsto em lei. Segundo o ministro, o governo deve apresentar uma medida provisória no final do ano que permita esse pagamento.

Apesar de não existir nenhuma ação contra esse pagamento de autoria do PT, a presidente do partido, a deputada federal Gleisi Hoffmann (PT-PR), classificou a medida como uma “fraude”.


“Diga não ao décimo terceiro salário do Bolsa Família”
Texto em cartaz mostrado em foto de deputados petistas que, até as 16h30, tinha sido compartilhada mais de 400 vezes no Facebook

FALSO

A foto é uma montagem. Na imagem original, publicada em 2 de agosto no Twitter pelo deputado Chico D’Angelo (PDT-RJ, à direita na foto), os dizeres do cartaz na mão do deputado Paulo Pimenta (PT-RS) são: “Voto pelos 8 em 10 brasileiro(a)s que exigem a investigação!”. A investigação em questão era a primeira de duas denúncias criminais apresentadas contra o então presidente Michel Temer.

Essas informações também foram verificadas pelos sites Aos Fatos e G1.

Veja também

Celso de Mello anuncia aposentadoria depois de 31 anos de Supremo

O jornalista Felipe Recondo diz que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!