sábado 6 de junho de 2020
Doria a Bolsonaro: "Nós estamos aqui, os quatro governadores do Sudeste, em respeito ao Brasil e aos brasileiros, e em respeito ao diálogo e entendimento. O senhor, como presidente da República, tem de dar o exemplo, tem que ser o mandatário para comandar, dirigir, liderar o país, não para dividir" //Divulgação
Home / DESTAQUE / Vídeo: Doria e Bolsonaro brigam e discutem em reunião sobre coronavírus
quarta-feira 25 de março de 2020 às 10:37h

Vídeo: Doria e Bolsonaro brigam e discutem em reunião sobre coronavírus

DESTAQUE, NOTÍCIAS, POLÍTICA


João Doria participou nesta manhã de quarta-feira (25) da videoconferência que dos governadores do Sudeste com o presidente Jair Bolsonaro.

Segundo a revista Veja, ele abriu sua fala batendo duro no comportamento do presidente demonstrado no pronunciamento nacional na noite de terça.

“Quero iniciar dizendo que o diálogo é fundamental, é importante e significativo. Que sem diálogo, sem entendimento nós não venceremos essa gravíssima crise de saúde que estamos passando, a pior crise de saúde pública da história do nosso país”, disse Doria ao iniciar sua fala.

“Presidente Bolsonaro, na condição e cidadão, de brasileiro e também de governador de São Paulo lamentamos o seu pronunciamento ontem à noite à Nação. Nós estamos aqui, os quatro governadores do Sudeste, em respeito ao Brasil e aos brasileiros, e em respeito ao diálogo e entendimento. O senhor, como presidente da República, tem de dar o exemplo, tem que ser o mandatário para comandar, dirigir, liderar o país, não para dividir. Todos aqui republicanos, presidente. Temos quatro governadores de quatro partidos distintos, não comungamos das mesmas opiniões e dos mesmos pensamentos ideológicos necessariamente, mas nós trabalhamos conjuntamente”, disse Doria.

Bolsonaro reagiu duramente, mostrando descontrole.

“Agradeço as suas palavras governador. Completamente diferente das eleições de 2018, onde vossa excelência apoderou-se do meu nome para se eleger governador. Acabou as eleições, virou as costas e começou a atarcar covardemente aquele que emprestou o seu nome de forma voluntária. Guarde essas suas observações para as eleições de 2022. Quando vossa excelência poderá destilar toda (inaudível) demagogia. Nós aqui temos responsabilidade. Desde o final das eleições de 2018, vossa excelência assumiu uma postura completamente diferente”, disse Bolsonaro.

Veja também

Câmara de Salvador abre prazo para emendas à LDO 2021

A Comissão de Finanças, Orçamento e Fiscalização da Câmara de Salvador, presidida pelo vereador Joceval …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!