quinta-feira 4 de março de 2021
Navio-plataforma foi parar perto de Boa Viagem — Foto: Reprodução/Redes Sociais
Home / NOTÍCIAS / Vídeo: Temporal no Rio ‘joga’ navio-plataforma de 78 mil toneladas em orla de praia; assista
sexta-feira 31 de janeiro de 2020 às 08:39h

Vídeo: Temporal no Rio ‘joga’ navio-plataforma de 78 mil toneladas em orla de praia; assista

NOTÍCIAS


O navio-plataforma P-70 da Petrobras que estava fundeada na Baía de Guanabara, foi deslocado até costa da Praia Boa Viagem, em Niterói, na noite desta quinta-feira (30), durante as fortes chuvas e ventos que atingiram a Região Metropolitana do Rio. Não houve vítimas.

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra motoristas assustados com a aproximação do navio parando os veículos no meio da Avenida Almirante Benjamin Sodré. A embarcação foi feita na China, pesa 78 mil toneladas e chegou ao Rio de Janeiro há uma semana.

A embarcação tinha sido levada para Gragoatá nesta quinta e se soltou durante a manobra de ancoragem. O navio podia ser visto da pista próxima ao campus Gragoatá da Universidade Federal Fluminense (UFF), por volta das 21h45.

O #Acesse Política apurou que três das quatro linhas de ancoragens do navio estavam conectadas, quando duas delas se romperam. Ventava bastante na ocasião. Um dos rebocadores ainda tentou segurar o navio, mas não conseguiu. A proa do navio se voltar pra praia e acabou indo até a orla.

O navio-plataforma P-70, em foto de arquivo — Foto: Bruno César Alves/Docas

A Petrobras afirmou que reconduziu a unidade à área onde ficará fundeada na Baía de Guanabara. Não houve vítimas. A empresa está apurando o episódio.

O navio-plataforma chegou ao Porto do Rio de Janeiro no dia 24 de janeiro, para operar no polo Pré-Sal da Bacia de Campos.

A plataforma foi trazida pelo navio Boka Vanguard, que ancorou em uma das áreas de fundeio na Baía de Guanabara, onde será descarregada. A complexa operação de fundeio mobilizou profissionais da Companhia Docas do Rio de Janeiro, da Marinha do Brasil e da Praticagem do Rio de Janeiro.

A P-70 faz parte da série de plataformas replicantes, que atualmente respondem por parte da produção no pré-sal, com a operação já iniciada nas unidades P-66, P-67, P-68 e P-69. Construída na China, a plataforma tem capacidade para produzir 150 mil barris de óleo e 6 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia.

Plataforma P-70 da Petrobras chega ao Brasil trazido pelo maior rebocador do mundo

Veja também

Após minhas denúncias, o governador decide abrir o Hospital Metropolitano”, diz deputado Capitão Alden

Após divulgar por semanas seguidas, publicamente, que a Saúde na Bahia está se encaminhando para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!