terça-feira 29 de setembro de 2020
Foto: Divulgação
Home / NOTÍCIAS / Zé Raimundo diz que Bahia perde um intelectual ilustre
terça-feira 23 de junho de 2020 às 11:24h

Zé Raimundo diz que Bahia perde um intelectual ilustre

NOTÍCIAS


O deputado estadual Zé Raimundo (PT) também lamentou a morte do historiador Luís Henrique Dias Tavares, através de moção protocolada na Assembleia Legislativa. “A Bahia perde neste 22 de junho um dos seus ilustres intelectuais, o historiador, jornalista e escritor Luís Henrique Dias Tavares, que nos deixou aos 94 anos. Tive o privilégio de ter sido aluno desse grande mestre de muitas gerações, com reconhecimento em muitos centros acadêmicos em todo o Brasil e no exterior”, afirma o parlamentar.

O petista lembra ainda que teve a “honra de homenageá-lo”, em 13 de dezembro de 2013, quando a Assembleia Legislativa concedeu ao historiador a Comenda 2 de Julho, a maior honraria da Casa. “Foi um gesto naquele momento para demonstrar a admiração e reconhecimento ao trabalho e obra do autor de diversos livros, sempre com a Bahia presente em sua trajetória profissional, nas suas atividades de pesquisa e elaborações historiográficas, de ensino e produção intelectual em geral, um verdadeiro merecedor da homenagem”

Além do amplo currículo acadêmico do mestre historiador com título de Pós-Doutorado em Londres, prossegue o parlamentar, praticamente todos os temas históricos ligados à Bahia tornaram-se objetos de investigação e análise nas mais de 50 atividades acadêmicas do professor Luís Henrique: o comércio de escravos, a Conjuração Baiana de 1798, as lutas pela Independência e as transformações experimentadas ao longo do século XX.

“Portanto, lamento profundamente essa grande perda para o nosso Estado e me solidarizo com a família do professor Luís Henrique Dias Tavares, em especial o seu filho, o jornalista Luís Guilherme Pontes Tavares, com quem tive mais aproximação nas tratativas para a realização da homenagem na Assembleia Legislativa.

Enquanto viver um dos seus alunos e seus livros forem lidos ele estará vivo nos ideais e nas ações praticadas pelos personagens libertários que retratou em suas obras.

Segue em paz, Mestre!”, finalizou o autor da moção.

Veja também

Quanto ouro ainda há para ser extraído no mundo (e quem tem as maiores reservas minerais)

No mês passado, o preço do ouro atingiu seu recorde, ultrapassando US$ 2.000 a onça …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!