segunda-feira 14 de outubro de 2019
Foto: Divulgação ASCOM Capitão Alden
Home / POLÍTICA / Capitão Alden, presidente da AL-BA e comandante geral da PM-BA articulam mutirão para votação de projetos a favor dos policiais
quinta-feira 10 de outubro de 2019 às 16:50h

Capitão Alden, presidente da AL-BA e comandante geral da PM-BA articulam mutirão para votação de projetos a favor dos policiais

POLÍTICA


Iniciativa prevê que projetos de lei e indicações que atendem às reivindicações dos PMs sejam discutidos e aprovados imediatamente

O deputado Capitão Alden (PSL-BA) está disposto a garantir que as reivindicações dos policiais militares baianos sejam atendidas com a maior brevidade possível. Prova disso é que o parlamentar estabeleceu diálogo com o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Nelson Leal, e com o comandante geral da PMBA, Cel. Anselmo Brandão, para articulação de um mutirão que visa discutir e votar imediatamente as propostas de interesse da categoria.

De acordo com o pesselista, já foram apresentadas soluções para muitas das demandas dos PMs, por meio de projetos de lei e indicações que tramitam na Casa sem nenhum senso de urgência. “Por isso o meu apelo ao presidente e ao comandante para que, através da interlocução com os líderes do governo e oposição na ALBA, e com o governador, possamos promover engajamento e celeridade no debate acerca dessas medidas, que vão dar a devida e justa resposta à corporação e à sociedade”, disse Alden.

Em nota divulgada na quarta-feira (9), ele já havia sinalizado que “não há como esconder que existe uma insatisfação generalizada na corporação em função do desrespeito por parte do estado aos direitos do policial militar”, e que “esta é a oportunidade de o governo redimir o erro que cometeu no passado e ouvir os anseios da PM”.

Veja também

Comissão de Direitos Humanos do Senado debate educação domiciliar

A Comissão de Direitos Humanos do Senado faz audiência pública nesta terça-feira (15) apara debater …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!