quarta-feira 21 de abril de 2021
Foto: Divulgação
Home / NOTÍCIAS / Cervejaria começa a se instalar no polo industrial de Catu investindo R$ 250 milhões gerando 1.500 empregos
quinta-feira 4 de março de 2021 às 06:54h

Cervejaria começa a se instalar no polo industrial de Catu investindo R$ 250 milhões gerando 1.500 empregos

NOTÍCIAS


Assinado termo de compromisso para implantação da fábrica que gerará 1.500 postos de trabalho

O município de Catu recebeu na manhã da última quarta-feira (24), a visita do presidente da Indústria Baiana de Bebidas Ltda – IBB, Rogério Bicalho, o diretor e expansão da empresa, Ney Evangelhista, e o superintendente da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado, Deraldo Alves, representando o vice-governador e Secretário, João Leão.

Durante a visita, os empresários foram recebidos pelo prefeito Pequeno Sales, os vereadores e secretários municipais e alguns empresários locais, na Prefeitura Municipal, onde foi assinado um termo de compromisso entre a empresa e o município.

A ocasião foi celebrada com um brinde simbólico feito com a cerveja Brussels, um dos rótulos que serão fabricados na cidade. “É motivo de felicidade estarmos nos estabelecendo em Catu. Grande oportunidade viabilizada pelo vice-governador João Leão junto ao prefeito Pequeno Sales. É o início do desenvolvimento que temos certeza que vai contribuir para a região de Catu”, disse Ney Evangelista.

Após a assinatura do termo de compromisso, os empresários visitaram as instalações da área onde atuava a empresa Conterp (antigo Clube Realce) , no bairro Fleming. Na oportunidade, o gestor ofereceu o espaço à cervejaria para funcionar temporariamente o seu setor administrativo, enquanto a estrutura da fábrica será montada. Em seguida, a comitiva seguiu para a área onde deve ser implantado o Polo Industrial.

“Estou muito encantado com a cidade e com a forma calorosa como fui recebido. A área onde a empresa vai se instalar também é muito boa”, afirmou Rogério Bicalho.

A indústria vai fabricar cerveja de malte e chope, e além da Brussels também deve fabricar Estrella Sírius. A previsão de investimentos é de aproximadamente R$ 250 milhões, com capacidade produtiva de até 1,2 milhão de hectolitro (hl) por ano.

Com a implantação da cervejaria cerca de 1,5 mil novos postos de trabalho diretos e indiretos devem ser criados.

“Tô muito feliz e acima de tudo quero agradecer a Deus, a João Leão e a todos que contribuíram direto e indiretamente com essa vitória para o povo de Catu.

Durante a campanha disse que nos seis primeiros meses traria mais de 1000 empregos para a cidade, e está aí a realidade, o nosso Polo Industrial sendo implantado já com uma cervejaria”, finalizou o prefeito Pequeno Sales, lembrando que após a vinda da fábrica, outras empresas certamente virão se instalar em Catu gerando novas oportunidades para os catuenses.

Veja também

Ministro de Bolsonaro chama cantora Anitta de ‘Teletubbie’

A um dia da Cúpula do Clima, o pressionado ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!