sexta-feira 7 de maio de 2021
Foto: Reprodução
Home / NOTÍCIAS / Como o chá de Santo Daime uniu lideranças do partido político da família Bolsonaro
segunda-feira 12 de outubro de 2020 às 08:57h

Como o chá de Santo Daime uniu lideranças do partido político da família Bolsonaro

NOTÍCIAS


Foi graças à ayahuasca, planta alucinógena usada em rituais religiosos, que alguns integrantes do Aliança pelo Brasil, partido em criação da família Bolsonaro, se conheceram.

Conforme a coluna de Bela Megale, a história teria sido contada pelo marqueteiro Sergio Lima, em depoimento à Polícia Federal, no âmbito do inquérito dos atos antidemocráticos. Lima relatou que conheceu o vice-presidente da sigla em formação, Luis Felipe Belmonte, por meio de um funcionário de sua agência de publicidade que frequentava a mesma igreja de Belmonte, “que utiliza o chá Santo Daime”.

A apresentação aconteceu no início de 2019, meses antes de Bolsonaro e seus filhos apostarem na fundação do próprio partido, ainda não oficializado. Ao ser perguntado sobre sua relação com Luis Felipe Belmonte, o marqueteiro respondeu que, em 2019, conheceu Luis Felipe, “por meio de um funcionário do declarante chamado Edson Romão, pelo fato de Edson e Luis Felipe frequentarem a mesma igreja que utiliza o chá Santo Daime”, relatou Lima à PF.

A instituição religiosa em que Belmonte e Edson se encontraram é conhecida como União do Vegetal,  uma “religião de fundamentação cristã e reencarnacionista que usa em seu ritual o Chá Hoasca (também conhecido como ayahuasca), preparado a partir de duas plantas amazônicas, o cipó Mariri (Banisteriopsis caapi) e as folhas da árvore Chacrona (Psicotria viridis)”.

Apesar de terem se conhecido meses antes do lançamento do Aliança, o convite para que Lima trabalhasse no projeto partiu da advogada Karinaa Kufa, segundo ele relata no depoimento.

Veja também

Prefeitura bloqueia parcialmente trânsito em rua no Engenho Velho da Federação

Um trecho da Rua Apolinário de Santana, no Engenho Velho da Federação, será interditado a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!