quarta-feira 16 de junho de 2021
Home / NOTÍCIAS / CPI da Covid quer concluir investigações “no auge”, em até 3 meses
quinta-feira 10 de junho de 2021 às 08:05h

CPI da Covid quer concluir investigações “no auge”, em até 3 meses

NOTÍCIAS


Integrantes do G7, grupo majoritário de senadores que integram a CPI da Covid, trabalham para encerrar os trabalhos em 90 dias, ou seja, em três meses e não prorrogar o prazo de funcionamento da comissão. A informação é da coluna de Bela Megale, no jornal O Globo. Na avaliação dos parlamentares, o ideal é apresentar o relatório final da investigação com a CPI “no auge”, ou seja, com depoimentos quentes, revelando a omissão do governo sobre vacinas e o tema de falta de imunizantes em alta.

Os depoimentos desta semana, como o do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e o do ex-número dois da pasta Élcio Franco foram considerados “fracos” e sem novidades pelos senadores. A avaliação é que a comissão pode perder fôlego e relevância se não tiver nomes e fatos que sustentem a sua prorrogação.

Senadores defendem, no entanto, que, para encerrar os trabalhos, precisam ter quatro frentes bem amarradas que sustentarão o relatório final: a omissão proposital do governo de não comprar vacinas, o crime contra vida ao optar pela estratégia da imunização de rebanho, o “gabinete paralelo” que orientou Bolsonaro e a atuação do “gabinete do ódio” na disseminação de fake news na pandemia.

Veja também

Deputado dos EUA sugere mudar órbita da Lua para combater aquecimento

Parece piada, mas não é. Durante uma audiência na Câmara dos Representantes dos EUA com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!