quarta-feira 14 de abril de 2021
Foto: Reprodução/Adzuna
Home / EMPREGOS / Estudantes de engenharia podem concorrer a 1,5 mil bolsas para estudar na França
terça-feira 21 de janeiro de 2020 às 19:08h

Estudantes de engenharia podem concorrer a 1,5 mil bolsas para estudar na França

EMPREGOS, NOTÍCIAS


Até 2022, estudantes brasileiros poderão contar com 1,5 mil bolsas em universidades francesas. As oportunidades são resultado da parceria entre a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e a França no Programa de Cooperação Brasil-France Ingénieur Technologie (Brafitec). Os investimentos no projeto somarão R$ 178,7 milhões.

A cooperação entre os países promove o intercâmbio de estudantes de cursos de graduação em engenharia. São 56 universidades brasileiras e 30 instituições francesas envolvidas na troca de conhecimento.

O anúncio das novas bolsas foi realizado pelo presidente da Capes, Anderson Correia, durante visita de acompanhamento ao programa na Universidade de Lille, no norte da França. Na ocasião, Correia, reforçou o interesse da Capes na continuidade da parceria internacional entre os dois países.

Neste ano, o programa terá 61 projetos ativos e deverá enviar cerca de 500 bolsistas à França. “É um investimento que insere o Brasil na pesquisa de ponta mundial, abre espaço para que os estudantes brasileiros troquem experiência com o que está sendo produzido nas melhores universidade da França e vice-versa”, afirma o presidente da Capes, que reforçou o interesse do Brasil no recebimento de acadêmicos franceses.

O Brafitec existe há 18 anos e apoia projetos conjuntos de pesquisa em parcerias universitárias em todas as especialidades de engenharia. O programa já enviou 6.550 bolsistas brasileiros ao exterior e recebeu cerca de 1.500 bolsistas franceses nas universidades brasileiras.

A cooperação estimula o intercâmbio na graduação, em ambos os países, e realiza a aproximação das estruturas curriculares, inclusive a equivalência e o reconhecimento de créditos. Já foram realizadas mais de 2 mil missões de trabalho.

Veja também

João Gualberto sanciona lei que prioriza vacinação dos professores em Mata de São João

O prefeito de Mata de São João, João Gualberto (PSDB) sancionou na manhã deste quarta-feira …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!