terça-feira 10 de dezembro de 2019
Fotos: Paula Fróes/GovBA
Home / NOTÍCIAS / Fenagro: Leão incentiva criação da primeira associação dos produtores de cachaça
segunda-feira 25 de novembro de 2019 às 17:29h

Fenagro: Leão incentiva criação da primeira associação dos produtores de cachaça

NOTÍCIAS


Na abertura do primeiro Seminário Estadual de Produção de Cachaça e Derivados da Cana, pela manhã desta segunda-feira (25), na Fenagro, o vice-governador João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico (SDE), foi enfático: “É importante que os produtores se unam para criar uma associação”. O evento faz parte da Feira da Cachaça de Alambique (FeCachaça), realizada pela Rota da Cachaça da Bahia e que conta com o apoio da SDE.

“Eu sempre incentivo que as pessoas saiam de um evento ou uma reunião com algo definido. A proposição nossa é que todas as regiões criem uma cooperativa mãe e a organização da associação dos produtores de cachaça é um pontapé inicial importante. O Estado está predisposto a ajudar, a Bahia abraça seus produtores e a cadeia produtiva da cana de açúcar, mas o setor precisar se organizar”, afirma Leão.

O secretário da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri), Lucas Costa, informou que o Estado está articulando para que a associação dos produtores de cachaça fique sediada no Parque de Exposições. O secretário comemorou ainda a revogação do zoneamento da cana de açúcar no país: “Com a revogação, poderemos produzir cana em todo o território baiano, importante insumo para ração animal”.

De acordo com Manoel Neto, produtor da aguardente Carioca, de Nazaré das Farinhas, o Governo do Estado tem feito um trabalho diferenciado e que o momento será um divisor de águas para a cachaça. “O vice-governador deixou em claro o quanto o governo está disposto a nos ajudar com conhecimento, pesquisa, melhoramento genético e de estrutura. Além de fomentar o setor através de eventos como esse, que ajuda toda cadeia produtiva, não só para cachaça, mas também para os derivados da cana de açúcar. O ponto principal agora é a criação da primeira associação dos produtores de cachaça da Bahia”, pontua.

Seminário e feira

O seminário encerra na terça-feira (26) e contará com palestras técnicas e painéis de discussão, permitirá que os produtores ampliem seus conhecimentos sobre produção, legalização e comercialização, conheçam experiências exitosas sobre a produção de cachaça de qualidade e a importância da pesquisa e inovação tecnológica no desenvolvimento da cadeia produtiva da cana e derivados.

A FeCachaça, que vai até o dia 1º de dezembro, na Fenagro, reúne 100 produtores das diferentes regiões do Estado, 18 marcas baianas de cachaça de alambique registradas e promoverá rodadas de negócios, ações de fomento do setor agropecuário, alambique produzindo cachaça “ao vivo”, stands, painéis, palestras, cursos e degustação da bebida.

Veja também

Geddel Vieira Lima será transferido para Salvador

O ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo tribunal Federal (STF), autorizou a transferência do ex-ministro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!