sábado 31 de julho de 2021
Foto: Agência Brasil
Home / DESTAQUE / Grupo que distribui vacinas da covid é suspeito de superfaturar contratos
terça-feira 20 de julho de 2021 às 06:39h

Grupo que distribui vacinas da covid é suspeito de superfaturar contratos

DESTAQUE, NOTÍCIAS


O Ministério da Saúde tem um contrato firmado com o grupo Voetur, proprietário da VTCLog, para a entrega das vacinas contra a covid-19. A empresa é investigada por suspeita de um superfaturamento de R$ 16 milhões. O superfaturamento foi apontado pelo Tribunal de Contas da União em um contrato anterior firmado na pasta, segundo informações do jornal Estado de S. Paulo,

O grupo pertence ao empresário Carlos Alberto de Sá, que deve virar investigado da CPI da Covid. Os senadores da comissão querem convocar a dirigente da empresa, Andreia Lima, devido a novas suspeitas de irregularidades.

Na convocação da executiva, o vice-presidente da CPI, senador Randolfe Rodrigues, ressalta que a empresa tem “contratos de grande monta com o Ministério da Saúde e importante papel na imunização dos brasileiros”.

Apenas em 2021, a pasta já direcionou R$ 258,14 milhões para a VTCLog, dos quais R$ 137,5 milhões já foram pagos. Os técnicos do TCU encontraram supostas irregularidades em dois contratos da empresa com o ministério assinados em 1997 e em 2003.

Procurada pela reportagem, a VTCLog disse não ter sido notificada da tomada de contas ou procurada para se manifestar nesses casos. A empresa também enviou uma certidão emitida pelo TCU atestando que não tem condenações e pode participar de licitações. O Ministério da Saúde também não respondeu aos questionamentos.

Veja também

Hospital Municipal de Salvador retoma cirurgias eletivas

O Hospital Municipal de Salvador (HMS) retomou as cirurgias eletivas na unidade após 120 dias …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!