quarta-feira 23 de setembro de 2020
Home / DESTAQUE / Justiça aceita queixa-crime contra Targino Machado por ofensas a secretário
sexta-feira 12 de abril de 2019 às 11:14h

Justiça aceita queixa-crime contra Targino Machado por ofensas a secretário

DESTAQUE, JUSTIÇA


O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) aceitou a queixa-crime contra o deputado estadual Targino Machado (PPS) após ofensas ao secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa. A decisão foi tomada pela maioria dos votos.

A única rejeição partiu da desembargadora Soraya Moradillo, pois, de acordo com ela, o deputado não teria ofendido o secretário, e sim o criticado. Com a decisão tomada e a queixa-crime recebida, a instrução processual para o julgamento será iniciada. Segundo o TJ, Targino será julgado pelos crimes de difamação, calúnia e injúria.

A confusão aconteceu em agosto de 2017, no plenário, quando o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), pediu que o secretário fosse retirado do cargo. Na ocasião, o deputado, que é aliado de Neto, chamou Barbosa de “moleque”, “malandro”, “bandido”, “araponga” e ainda disse ele “vive espionando a vida de todo mundo e deve ter muita coisa contra o governador”, disse conforme o Varela Notícias.

Após a confusão, o caso foi parar no Pleno do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), porque estava sendo discutido até onde chegaria os limites da imunidade parlamentar do deputado.

Veja também

Derrotados em 2018, ex-deputados tentam agora uma vaga de vereador

Nomes conhecidos nos corredores do Congresso Nacional nas duas últimas décadas, ex-deputados federais e até …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!