sábado 8 de maio de 2021
Foto: Governo Federal
Home / NEGÓCIOS / Leilão de concessão do trecho na Bahia da ferrovia Oeste-Leste deve garantir R$ 3,3 bilhões de investimentos
segunda-feira 5 de abril de 2021 às 19:03h

Leilão de concessão do trecho na Bahia da ferrovia Oeste-Leste deve garantir R$ 3,3 bilhões de investimentos

NEGÓCIOS, NOTÍCIAS


O leilão de concessão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), no trecho que vai de Ilhéus a Caetité, ambas cidades na Bahia, será leiloado na tarde da próxima quinta-feira (8), informou a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), nesta segunda-feira (5).

De acordo com o edital de concessão, aprovado em 15 de dezembro de 2020 pela ANTT, o prazo de concessão à iniciativa privada será de 35 anos. O trecho que será leiloado tem 537 quilômetros de extensão e a concessão deve garantir R$ 3,3 bilhões de investimentos, sendo R$ 1,6 bilhão para a conclusão das obras.

O contrato será assinado entre a empresa vencedora e a Valec, braço do governo federal para a construção e operação de ferrovias, com gestão do contrato sendo feita por parte da ANTT, agência vinculada ao Ministério de Infraestrutura.

Segundo o ministério, o trecho é um projeto importante para o escoamento do minério de ferro produzido na região de Caetité e a produção de grãos e minério do Oeste da Bahia pelo Porto Sul, complexo portuário a ser construído nas imediações da cidade de Ilhéus, no sul do estado.

Ainda de acordo com o Ministério, a expectativa é a de que o trecho comece a operar em 2025, com previsão de transportar mais de 18 milhões de toneladas de carga, entre grãos e o minério de ferro produzido na região de Caetité. Esse deve dobrar em dez anos, e chegar a marca de 50 milhões de toneladas, em 2035, sendo a maior parte o transporte de minério de ferro.

A operação inicial deve iniciar com 16 locomotivas e mais de 1,4 mil vagões, sendo 1,1 mil deles destinados apenas para o escoamento de minério de ferro. Também dentro do prazo de 10 anos, segundo o Ministério, serão 34 locomotivas e 2,6 mil vagões, em 2035.

Segundo o Ministério, o Governo Federal trabalha para a implementação de outros dois trechos: entre as cidades baianas de Caetité (no sudoeste da Bahia) e Barreiras (no oeste do estado), e de Barreiras a Figueirópolis, no Tocantins. Esse trecho irá interligar, no futuro, o porto de Ilhéus (sul da Bahia) a outra ferrovia: a Norte-Sul.

O leilão da Fiol faz parte o “Infra Week”, promovido pelo governo federal. A iniciativa vai leiloar, além da Fiol, 22 aeroportos e cinco terminais portuários, entre os dias 7 e 9 deste mês. A expectativa é arrecadar R$ 10 bilhões em investimentos privados com as concessões.

Veja também

Pazuello recusa cargo no Planalto e avalia tirar AGU de sua defesa, diz jornal

Um dos principais alvos da CPI da Covid, o ex-ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!