quinta-feira 9 de abril de 2020
Foto: Montagem
Home / LAURO DE FREITAS / O jogo político de Lauro de Freitas: Moema, Mirela, Teobaldo, Mateus e Gustavo
domingo 8 de março de 2020 às 14:19h

O jogo político de Lauro de Freitas: Moema, Mirela, Teobaldo, Mateus e Gustavo

LAURO DE FREITAS, POLÍTICA


Por Ana Costa

Otto x Rui

A deputada estadual Mirela Macedo (PSD) pode oficializar sua pré-candidatura para prefeitura de Lauro de Freitas no dia 20 deste mês, mas o que se comenta nos bastidores da política, é se de fato o PSD de Otto Alencar irá lançar candidatura própria no município comandado pelo PT com Moema Gramacho, também aliada do governador Rui Costa (PT), buscando sua reeleição.

Mirela x Moema

Vale lembrar que Mirela foi vice-prefeita do município, mas optou em 2017, por assumir a suplência do deputado estadual Rogério Andrade, que venceu as eleições para prefeito de Santo Antonio de Jesus. O objetivo dela, era inicialmente, ajudar Moema, mas com o tempo, as duas foram se distanciando, até o rompimento definitivo em 2019, onde trocaram acusações publicamente.

Outro tema que entrou em pauta neste fim de semana é se de fato Mirela lançar sua pré-candidatura, quem será seu vice. Fontes do #Acesse Política cogitam que o nome mais forte para compor chapa com a deputada seria o ex-vereador Mateus Reis (Cidadania).

Mateus é Teobaldo

O empresário Teobaldo Costa (DEM), também pré-candidato a prefeito de Lauro de Freitas e ex-marido de Mirela, fechou sua chapa com Mateus Reis na vice, mas como dizem, na política, tudo pode mudar. Teobaldo é um dos empresários mais bem-sucedidos da Bahia, presidente do grupo Atakadão-Atakarejo, pretende buscar, com o apoio de ACM Neto à Prefeitura do município vizinho da capital baiana.

Neste domingo (8), o empresário publicou nas redes sociais uma foto em que aparece com Mateus. “Seguimos a nossa caminhada firmes e fortes! E temos a certeza de que dias melhores virão! Vamos nessa!”, escreveu na legenda.

PV com Moema?

Outro fato que chamou atenção, foi o também pré-candidato Gustavo Ferraz, ex-diretor da Codesal, que anunciou nesta última semana sua saída do Partido Verde (PV). O motivo seria a aproximação da direção municipal da legenda com a gestão de Moema Gramacho. Já a direção do PV em Lauro de Freitas, negou tudo. Agora, Gustavo segue quieto e sem alarde, em busca de um novo partido. Segundo fontes, ele já teria inciado conversas com algumas legendas interessadas em viabilizar sua candidatura.

Vamos acompanhar!

Veja também

Irritado com Moro, Bolsonaro o quer logo no STF, diz jornal

Segundo o Estadão, nos últimos dias, Bolsonaro se queixou do ministro da Justiça, Sérgio Moro, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *