segunda-feira 1 de março de 2021
Foto: Divulgação/STF
Home / JUSTIÇA / Os motivos para Gilmar Mendes ainda não ter pautado a suspeição de Moro
segunda-feira 22 de fevereiro de 2021 às 08:33h

Os motivos para Gilmar Mendes ainda não ter pautado a suspeição de Moro

JUSTIÇA, NOTÍCIAS


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes já disse que pretende pautar neste semestre o julgamento da suspeição de Sergio Moro, no caso do triplex atribuído a Lula. A ação está parada desde de 2018 conforme a coluna de Bela Megale, quando o magistrado pediu vista.

A interlocutores, Gilmar Mendes tem dito que o tempo “tem feito bem” a este caso. Segundo auxiliares do magistrado, ele se refere, principalmente, às mensagens hackeadas da Lava-Jato que vieram à tona com a Operação Spoofing.

Desde janeiro, a defesa de Lula, que conseguiu acesso ao material no STF, passou a levar à corte petições com diálogos atribuídos a Moro e aos procuradores da Lava-Jato. Gilmar chegou a ler trechos dessas conversas no voto que proferiu no julgamento que confirmou o direito do petista de acessar as mensagens. A manifestação do ministro foi considerada a mais dura daquela sessão.

O voto de Gilmar Mendes no caso da suspeição de Moro está “praticamente pronto”, mas o magistrado confidenciou a auxiliares que, a cada dia, coloca uma informação nova em sua manifestação. Quando fala sobre o julgamento, o ministro diz que esse caso ultrapassou a “questão Lula” e se tornou algo “muito maior”.

Veja também

Covid-19: Vigilância Sanitária fiscaliza mais de 150 estabelecimentos no primeiro final de semana de lockdown em Salvador

O órgão emitiu 36 notificações e realizou 13 interdições, além de duas apreensões No primeiro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!