domingo 7 de março de 2021
Foto: Valter Pontes/Secom
Home / NOTÍCIAS / População de Salvador pode denunciar “fura-fila” da vacinação através de aplicativo
sábado 30 de janeiro de 2021 às 15:47h

População de Salvador pode denunciar “fura-fila” da vacinação através de aplicativo

NOTÍCIAS


A Prefeitura lançou, na última quinta-feira (28) o aplicativo “Detetive Fura-Fila”

A população da capital baiana também passa a ter uma nova ferramenta para denúncias de eventuais irregularidades da vacinação contra o novo coronavírus. A Prefeitura lançou, na última quinta-feira (28) o aplicativo “Detetive Fura-Fila”. Os detalhes foram apresentados pelo prefeito Bruno Reis e pelo titular da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Leo Prates, durante coletiva realizada na Arena Fonte Nova, em Nazaré, que marcou também o início da vacinação drive-thru para profissionais de 27 hospitais de Salvador.

De acordo com o prefeito, a ferramenta vai ajudar a coibir situações em que pessoas que não fazem parte do público prioritário da imunização contra a Covid-19 recebam a dose indevidamente. “A Prefeitura vem tomando medidas para evitar qualquer tipo de fraude. Espero que não ocorra nenhum tipo de incidente e que haja consciência das pessoas nesse momento. Estamos fazendo a vacinação em etapas, com todo o cuidado rigoroso das normas técnicas do Ministério da Saúde para coibir o fura-fila”, assegurou Bruno Reis.

O Detetive Fura-Fila permite fazer denúncia anônima ou identificada através de e-mail e WhatsApp. Há campos para os quais o cidadão preenche local, data e relato da ocorrência, enviando, inclusive, foto comprobatória da irregularidade.

Neste primeiro momento, a ferramenta está disponível apenas na Play Store para smartphones com sistema Android. A estimativa é que na Apple Store, para quem possui celular com sistema iOS (iPhone), o app esteja disponível dentro de 10 dias.

Veja também

Acordo entre PSDB e PSL possibilita novo “voo” político de Aécio Neves

O ressurgimento do deputado Aécio Neves (MG) como forte candidato a presidente da Comissão de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!