sábado 19 de setembro de 2020
Home / DESTAQUE / Prefeito fica inelegível após Justiça Eleitoral decretar abuso em pleito de 2016
terça-feira 26 de março de 2019 às 09:49h

Prefeito fica inelegível após Justiça Eleitoral decretar abuso em pleito de 2016

DESTAQUE, NOTÍCIAS


Prefeito baiano ficará inelegível por oito anos segundo sentença decretada pela Justiça Eleitoral

O prefeito de Guajeru, no sudoeste do Estado, Gilmar Rocha Cangussu (PDT), foi declarado inelegível pela Justiça Eleitoral. Segundo sentença da 93ª Zona Eleitoral de Caculé, na mesma região, o gestor fica inelegível por oito anos. A decisão apontou abuso de poder econômico nas eleições de 2016, quando Gilmar Cangussu teria usado máquinas do PAC 2, da prefeitura, para serviços particulares, como forma de conseguir votos.

As máquinas foram usadas para limpeza de tanque em uma fazenda na zona rural da cidade. Ainda segundo a acusação, o gestor também teria realizado perfuração de poços artesianos na semana das eleições em três localidades. Pesaram ainda na sentença, a realização de uma cavalgada, com distribuição de prêmios e brindes, e supostas perseguições a servidores, com não pagamento de salários, na mesma campanha eleitoral. Ainda cabe recurso da decisão.

Veja também

Paulo Guedes é condenado a pagar R$ 50 mil por comparar servidores com parasitas; ainda cabe recurso

O ministro da Economia, Paulo Guedes, foi condenado pela Justiça Federal, a pagar R$ 50 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!