terça-feira 10 de dezembro de 2019
Foto: José Cruz/Agência Brasil
Home / NOTÍCIAS / ‘Programa Caixa Mulheres’ vai levar crédito e capacitação a empreendedoras
quarta-feira 27 de novembro de 2019 às 13:36h

‘Programa Caixa Mulheres’ vai levar crédito e capacitação a empreendedoras

NOTÍCIAS


Transformar retalhos de tecidos em bolsas, colares, colchas e bonecas é o que garante renda para a artesã Marilene Pereira Barbosa, que vive em Brasília. No ramo há quase 40 anos, ela nunca conseguiu obter microcrédito para adquirir matéria-prima e ampliar a produção. E ter capital para esse tipo de investimento faz falta, segundo ela.

“Agora mesmo peguei uma encomenda de 500 chaveiros. A cliente quer todos em tecido de lycra e tenho que comprar uma peça maior. Os retalhos que ganho são picados, são cores diferentes. Então, tenho que comprar uma peça maior e não tenho dinheiro para isso”, relatou a artesã.

É para empreendedoras como Marilene que a Caixa lançou na última semana o programa Caixa Mulheres que traz novas linhas de crédito com condições específicas como prestações menores, taxas e prazos diferenciados, anuidade de cartão de crédito gratuita, além de apoio à capacitação e educação financeira.

Marilene soube do programa por meio de amigas e contou que já decidiu ir a uma agência em busca de crédito. “Me interessa muito conseguir esse empréstimo para comprar minha matéria-prima e ampliar meu negócio. É uma oportunidade maravilhosa que a Caixa está oferecendo para nós. Vou atrás e vou indicar às minhas amigas”, afirmou.

A superintendente nacional de clientes de varejo da Caixa, Daniela Nascimento, explicou que o programa atende tanto mulheres empreendedores que não estão formalizadas quanto aquelas que são formalizadas como Microempreendedor Individual (MEI), além das que querem começar seu próprio negócio.

“Além de dar a solução financeira, propomos capacitação e orientação principalmente para essa microempreendedora que está começando seu próprio negócio, porque ela sabe muito bem fazer um bolo, mas ela precisa aprender a administrar um negócio, saber quanto custa, por quanto ela vende, quanto ela reinveste. Então, procuramos entrar com a parte de orientação financeira para que ela possa de fato empreender”, detalhou Daniela Nascimento.

Capital de giro para as mulheres

A Caixa reservou R$ 5 milhões para empresas com maioria societária feminina para contratação de linha de capital de giro com recursos do PIS (Programa de Integração Social), com taxas disponíveis a partir de 0,83% ao mês.

Para o capital de giro com recursos Caixa, a taxa também foi reduzida e poderá ser contratada a partir de 1,43% ao mês, com prazo máximo de 24 meses, representando queda de 0,16% em relação às taxas praticadas no balcão, como forma de incentivar as empreendedoras.

O capital de giro é aquele utilizado pelo empreendedor ou empreendedora para dar fôlego na expansão ou abertura de um negócio.

Crédito

As microempreendedoras que estão iniciando suas atividades podem obter crédito com taxas de juros a partir de 1,99% ao mês em até 24 meses, em uma linha específica para esse segmento.

Nessa modalidade, para as empreendedoras informais, o valor máximo é de R$ 5 mil, e para as empreendedoras formalizadas como MEI o valor máximo é de R$ 10 mil.

É pré-requisito para acessar essas linhas ter realizado uma capacitação negocial reconhecida pelo banco. Já foram identificadas mais de 350 mil mulheres que se enquadram nessas condições na base de clientes ativos da instituição financeira.

Veja também

População pode fazer doações para o Natal Sempre Solidário

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), promove …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!