quinta-feira 14 de novembro de 2019
Home / POLÍTICA / Rodrigo Maia viaja para encontros com banqueiros em NY
sábado 9 de novembro de 2019 às 10:35h

Rodrigo Maia viaja para encontros com banqueiros em NY

POLÍTICA


O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), embarca para Nova York (EUA) nesta semana, segundo o site Metrópoles, em um voo da Força Aérea Brasileira (FAB), para uma agenda de dois dias composta, majoritariamente, por encontros com banqueiros e investidores.

Ele retorna no sábado (16) e as informações completas da viagem só devem ser divulgados nos próximos dias. Segundo a assessoria do democrata, Maia irá em um voo da FAB exercendo sua “prerrogativa como presidente da Câmara”.

No itinerário, deve constar também uma reunião, não confirmada por enquanto, com o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres.

Os nomes ainda não foram divulgados, mas Maia deve ser acompanhado por uma comitiva de deputados, a maioria líderes partidários, segundo fontes próximas ao parlamentar informaram ao Metrópoles.

A previsão é de que o deputado carioca embarque em uma aeronave Legacy 600, saindo da Base Aérea de Brasília (DF), no dia 13 de novembro. Os compromissos começam na quinta-feira (14), com dois encontros envolvendo a XP Investimentos.

No primeiro deles, Maia se reúne com investidores e, no segundo, janta com o diretor institucional da assessoria de investimentos, Rafael Furlanetti. No dia seguinte, ele participa de um almoço com investidores e executivos no Council of the Americas, um fórum empresarial do continente.

Em Nova York o democrata também participa da cerimônia de entrega do prêmio Woodrow Wilson, que leva o nome do 28º presidente dos Estados Unidos e homenageia indivíduos que tenham “prestado significante papel na melhoria das vidas de comunidades ao redor do mundo”.

Em outubro, Maia esteve em Londres para, segundo a assessoria da Câmara, “reforçar o compromisso do Parlamento brasileiro com o agronegócio, a sustentabilidade e o meio ambiente”. Cinco meses antes, em maio, ele e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), também fizeram uma missão a Nova York para encontros com investidores.

Veja também

Dos 53 deputados do PSL, 24 devem ir para novo partido de Bolsonaro

A saída do presidente Jair Bolsonaro do PSL vai rachar a bancada do partido na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *