domingo 20 de junho de 2021
Foto: Divulgação
Home / NOTÍCIAS / Vereador se opõe à ação do Governo Federal que prega abstinência sexual na adolescência
terça-feira 4 de fevereiro de 2020 às 13:58h

Vereador se opõe à ação do Governo Federal que prega abstinência sexual na adolescência

NOTÍCIAS


Autor do Projeto de Indicação ao prefeito ACM Neto sobre campanhas na escola pra evitar a gravidez na adolescência, o vereador Pedro Godinho (MDB) afirma que é contra a ação do Governo Federal que propõe à juventude adiar o início da atividade sexual como forma de evitar uma gravidez.

Segundo o governo, o programa pretende que jovens conheçam os benefícios de adiar o início da vida sexual ativa.

“O lançamento desta campanha vai na contramão do que eu acredito. O poder público não deve interferir na escolha individual de uma jovem acerca de qual momento iniciar a vida sexual, mas sim conscientizá-la sobre as questões relacionadas à segurança e ao planejamento familiar. Tanto por conta de uma possível gravidez indesejada quanto aos riscos das doenças sexualmente transmissíveis” , disse o vereador.

Pedro Godinho acredita que a conscientização é o caminho. “Por isso estou na luta pela conscientização da população jovem sobre os problemas de uma gravidez na adolescência, tanto para as meninas como para os bebês”, frisou.

Reação

Em reação, a Defensoria Pública da União oficializou recomendação ao Ministério da Saúde na sexta-feira (31) para que não fosse lançada a campanha porque não há evidências que comprovem a efetividade da promoção da abstinência sexual como forma de prevenir a gestação entre adolescentes.

“Eu concordo com a atitude da Defensoria Pública da União. O poder público precisa priorizar essa pauta, construindo uma abordagem de diálogo mais próximo com a juventude. Queremos que nossas adolescentes estudem e trabalhem e não interrompam seus sonhos devido a uma gravidez precoce”, concluiu o parlamentar.

Veja também

Polarização entre Lula e Bolsonaro indica fracasso de lideranças da terceira via

O PSDB marcou suas prévias para as calendas de novembro, num gesto celebrado como exercício …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!