segunda-feira 12 de abril de 2021
Foto: Reprodução/Instagram
Home / NOTÍCIAS / Vereadora afirma que Prefeitura de Lauro de Freitas parou de distribuir kits alimentares aos alunos desde o início das aulas
quarta-feira 24 de março de 2021 às 13:08h

Vereadora afirma que Prefeitura de Lauro de Freitas parou de distribuir kits alimentares aos alunos desde o início das aulas

NOTÍCIAS, RMS


A Prefeitura de Lauro de Freitas ainda não disponibilizou neste ano os Kits alimentares para os alunos da rede municipal de ensino, que já estão em aulas virtuais desde o início deste mês. A denúncia é da vereadora Débora Regis (PL). “Recebi diversas reclamações de pais e mães de famílias, que vêm sofrendo, junto com os seus filhos, pelo descaso da Prefeitura de Lauro de Freitas, através da Secretaria Municipal de Educação”, afirma a parlamentar.

Segundo Débora Regis, a Prefeitura teve os meses de janeiro e fevereiro para preparar os trâmites legais necessários para esse auxílio às famílias dos alunos da rede municipal de ensino. “Trata-se de uma absoluta falta de compaixão da prefeita Moema Gramacho com as necessidades básicas desses cidadãos de Lauro de Feitas”, protestou Débora Régis.

Em vídeo publicado nas redes sociais (Assista aqui), moradores da cidade denunciam a situação. “É duro a pessoa acordar de manhã e não ter nada para dar ao seu filho”, diz uma moradora do município. Outra cidadã ressalta que “está na hora dela (Moema Gramacho) ajudar o povo que votou nela.. que ela esquece”.

Os kits alimentares foram distribuídos no ano passado devido à pandemia em Lauro de Freitas para os alunos da rede municipal de ensino  e são cestas básicas com os seguintes itens: 2 kg de feijão; 2 kg de açúcar; 2 kg de arroz; 2 pacotes de biscoito; 1 kg de farinha; 2 pacotes de milharina; 600 gramas de leite em pó; 1 pacote de macarrão e uma unidade de óleo.

Segundo post do dia 03 de março, na página do Facebook da Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas (Veja aqui), as aulas remotas da rede municipal de ensino já começaram desde o início de março, pela TV Kirimurê – Canal 10.3. Os estudantes seguirão com o ensino à distância até 30 de abril deste ano para completar o ano letivo de 2020.

Veja também

Jaques Wagner diz que ‘momento é inadequado’ para CPI da Covid

O senador Jaques Wagner (PT) não assinou a lista de apoio à criação da CPI …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!