domingo 7 de março de 2021
Foto: Divulgação
Home / NOTÍCIAS / Vereadora defende volta às aulas em Salvador mas que todos professores sejam vacinados
domingo 7 de fevereiro de 2021 às 14:20h

Vereadora defende volta às aulas em Salvador mas que todos professores sejam vacinados

NOTÍCIAS, POLÍTICA


A vereadora Roberta Caires, vice-líder do Patriota na Câmara Municipal, se pronunciou na terça-feira (2), após a instalação do 1º Período Legislativo da 19ª Legislatura, em defesa da volta às aulas aliada à prioridade na vacinação contra o Covid-19 para professores e demais funcionários escolares.

Conforme a vereadora, fora das escolas, a experiência tem mostrado que as crianças mais carentes continuam expostas ao vírus, estando, entretanto, à revelia da tutela das instituições de ensino, onde certamente estariam mais protegidas, seguindo protocolos sanitários.

“Defendo a vacinação de professores e a volta às aulas, precisamos retomar. Com a chegada da vacina, é o momento de iniciarmos gradualmente as atividades em nossa cidade, imunizando também os demais profissionais nas escolas. Defendo as mães da periferia, que trabalham ou estão à procura de emprego, que precisam deixar seus filhos cuidados, em pleno desenvolvimento pedagógico, e não à mercê do coronavírus”, disse Roberta Caires.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, a rede pública de Salvador tem hoje 7.730 professores e mais de 140 mil estudantes. Roberta defende um retorno em formato de rodízio, com salas de aula com até dez alunos, no máximo um por 1,5 metro quadrado. Além das turmas reduzidas, as carteiras estarão afastadas, janelas abertas, ambientes bem higienizados, todos devem estar de máscaras (alunos, professores e funcionários) e, obviamente, nada de aglomeração, com cautela especial no intervalo entre as aulas.

Transporte público

O transporte público de Salvador também é uma preocupação de Roberta Caires. Segundo ela, o sistema pode ter seu funcionamento ampliado para se adaptar ao fluxo de pessoas com o retorno das aulas. “Justamente por algumas linhas estarem suspensas em razão do cancelamento das aulas presenciais durante a pandemia, há a possibilidade de expansão”, argumenta a vereadora.

De acordo com a Secretaria de Mobilidade, atualmente, as linhas convencionais de ônibus estão funcionando a 100% de sua frota nas estações nos horários de pico, manhã e noite, mas somente a 80% de sua frota, fora das estações nos mesmos períodos, e com menor percentual ainda nos horários de entrepico.

Veja também

Produção industrial cresce pelo nono mês seguido

Em janeiro de 2021, a produção industrial cresceu 0,4% frente a dezembro, na série com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!