terça-feira 3 de agosto de 2021
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Home / NOTÍCIAS / WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
terça-feira 11 de maio de 2021 às 09:45h

WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio

NOTÍCIAS


O WhatsApp determinou que até este sábado, 15 de maio, seus usuários devem decidir se aceitam ou não os novos termos e condições para uso do aplicativo.

Entre as principais mudanças, está o compartilhamento de dados da conta WhatsApp com o Facebook, a empresa matriz do serviço de mensagens. Isso não ocorrerá apenas em países da União Europeia e no Reino Unido.

A partir deste prazo, quem não aceitar as novas condições começará a ter limitado o uso do aplicativo.

“Nenhuma conta será removida”, assegurou o WhatsApp em seu site.

Acesso apenas por meio de notificações

A partir de 15 de maio, quem não aceitar os novos termos não conseguirá mais abrir sua lista de conversas.

“Mas você poderá atender a ligações e videochamadas. Se tiver as notificações ativadas, poderá tocá-las para ler ou responder mensagens, além de retornar ligações perdidas ou videochamadas”, afirma a empresa.

Ou seja, os usuários só poderão acessar as conversas por meio das notificações na tela.

Se depois de “algumas semanas”, segundo a empresa afirmou ao Estado de Minas, o dono da conta ainda não tiver aceitado as atualizações, deixará então de receber ligações e notificações.

Lembrete ‘persistente’

Nos próximos dias, o lembrete para revisão e decisão sobre as alterações no aplicativo se tornará “mais persistente” até que o usuário as aceite ou recuse, diz a empresa.

Ainda assim, a conta de quem não aceitar as novas regras não será excluída imediatamente — e sim submetida à mesma política atual do aplicativo para contas inativas.

Essas regras dizem que, se o serviço de mensagens não for usado por 120 dias, a conta será excluída.

Veja também

Câmara de Salvador aprova Dia Municipal do Terceiro Setor

A Câmara Municipal de Salvador aprovou o Projeto de Lei n° 4/2021, que institui o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!